Sócrates acusa, acusa, acusa…


Um governante, em regime democrático autêntico, deve canalizar todas as suas energias para governar, isto é, para desenvolver o País em todos os seus sectores para bem dos cidadãos comuns. Mas, pelo contrário, estamos perante pessoas que, em vez de serem construtoras de um Portugal melhor, são demolidoras, desgastando as suas energias e as do País em «fait-divers» para vaidade pessoal e pouco mais.


Em reflexões deste tipo, os seguintes três títulos de notícias são preocupantes:

Sócrates, a fazer crer na veracidade destes títulos, em vez de governar e de planear medidas de futuro, «acusa», faz papel de oposição em relação ao principal partido rival.

Até parece um mau prenúncio para o PS, podendo pensar-se que o subconsciente, habituado a laborar com base em fantasias e dados ilusórios, está já a preparar-se para voltar a ser oposição ao PSD como se este já tivesse assegurada a vitória nas próximas legislativas. Sr. Sócrates, deixe de denegrir os outros e procure mostrar aos portugueses que o PS merece o voto dos eleitores. Talvez, agindo pela positiva e apresentando medidas eficazes para eliminar as causas da crise, seja capaz de fazer esquecer as desgraças que nos tem trazido e de dar uma nova esperança, bem fundamentada, por melhores dias1

Depois, quando for oposição, então acuse o governo como já fez com muita acutilância, como se vê pelos vídeos que se seguem. Não se preocupe em treinar com tanta antecedência. Ainda não é oportuno fazer isso.

Imagem do Google

This entry was posted in Uncategorized and tagged , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s