Corrupção e a crise ética

O Dia Internacional Contra a Corrupção assinalou-se no dia 1 de Dezembro. Até dia 9 multiplicam-se as iniciativas para debater este fenómeno que mina as democracias de todo mundo.

Maria José Morgado, e Luís de Sousa, falaram com São José Almeida sobre algumas das principais questões relacionadas com corrupção.

Maria José Morgado, coordenadora do Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa membro da Direcção da TIAC disse que há ilhas de eficiência na Polícia Judiciária e no Ministério Público que levaram a que o DIAP de Lisboa conseguisse prender preventivamente pessoas indiciadas por corrupção passiva, uma situação que ainda assim tem sido insuficiente para alterar a percepção da opinião pública em relação à corrupção.

Luís de Sousa, presidente da Transparência e Integridade Associação Cívica, explicou ao Público que a percepção sobre a corrupção em Portugal não melhorou porque está relacionada com a visão de homens de negócios estrangeiros que associam o problema da corrupção em Portugal à ineficácia da justiça e ao “modus operandi” do sector público.

Veja o vídeo do Público clicando aqui.

Imagem de arquivo

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s