Fome. Trabalhar apenas pela comida

É lastimável que os governantes do alto da sua opulência, adquirida á custa dos contribuintes, continuem numa vida de luxo e de ostentação a gastar os recursos nacionais em mordomias, carros de luxo novos e em grande quantidade, aumento de assessores e gestores para actividades inúteis, desnecessárias, e ignorem as realidades da vida de grande parte dos cidadãos.


Por exemplo, segundo a notícia Oferecem-se para trabalhar apenas a troco de comida fica claro que no já de si tão carenciado bairro da Cova da Moura no concelho de Amadora, ás portas de Lisboa, há muitas famílias em desespero a oferecer-se para trabalhar apenas a troco de comida.

O drama socioeconómico é especialmente evidente para quem está no terreno, como é o caso da Associação Cultural Moinho da Juventude, a trabalhar no bairro há 26 anos. As associações temem que as restrições obriguem a cortar nos já reduzidos apoios sociais. O secretário-geral daquela instituição, Carlos Simões diz que os efeitos da crise já são muito notados.

Imagem do Google

This entry was posted in Uncategorized and tagged , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s